Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

riscos_e_rabiscos

.

.

Pérolas do outro lado do atlãntico.

Sempre que vou ao wc na casa da minha mãe, oiço aquele sotaque do outro lado do atantico. AS casas são de construção antiga e, por isso, consigo ouvir tudo o que se passa do lado de lá da parede e mais ainda se se tiver voz de trombone e falarmos alto.

 

Hoje não foi excepção. Enquanto estava no wc a fazer a minha higiene pessoal, começo a ouvir uma conversa que depreendo tenha ocorrido após aquela reportagem dos cãezinhos salvos de um laboratório no Brasil onde eram sujeitos a testes horrendos.

 

Às tantas oiço isto "é como rato... rato é como pessoa... anda e tudo isso...". Fiquei a matutar naquilo... Será que há pessoas que são como ratos ou ratos como as pessoas? Não querendo menosprezar nenhuma das categorias animais, constato no entanto que há pessoas que nem os canos onde os ratos passam merecem, e certamente haverá ratos muito melhores que pessoas...

1 comentário

Comentar post